15 de abril de 2014

Defesa da Fauna: Promotor de Pindaré participa de oficina de planejamento




Os promotores de justiça que compõem o Grupo Especial de Defesa da Fauna (Gedef), criado em fevereiro deste ano, participaram nesta segunda e terça-feira, 14 e 15 de abril, de uma oficina de planejamento composta por visitas técnicas, reuniões e palestras com profissionais que atuam em diversos órgãos ligados ao tema.

No primeiro dia de trabalho, os promotores de justiça realizaram visitas ao Hospital Veterinário da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), ao Centro de Controle de Zoonoses, que também funciona dentro do Campus Paulo VI, e ao Centro de Triagem de Animais Silvestres do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Houve, ainda, uma reunião na sede do Ibama na qual foram discutidos aspectos relacionados à fiscalização de crimes contra a fauna e a pesca.

Durante as visitas, os promotores verificaram a falta de estrutura existente na maior parte das instituições, além de conhecer os principais problemas enfrentados pelos profissionais que atuam nesses segmentos, como a questão dos animais abandonados em ruas e feiras, a falta de locais adequados para onde esses animais podem ser encaminhados e os reduzidos investimentos feitos pelo poder público na saúde animal.

Nesta terça-feira, o grupo recebeu o professor e membro do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), Nordman Wall. O professor e a estudante de Medicina Veterinária Liziane Gomes Carvalho apresentaram uma palestra sobre o bem-estar animal.

Nordman Wall também abordou temas como a esterilização de animais; a necessidade de ampliação do grupo de vacinas garantidas pelo Poder Público, que hoje se restringe à imunização contra a raiva, no que diz respeito aos animais domésticos; e à necessidade de identificação dos animais com chips, que trariam informações sobre esses bichos e seus donos, o que reduziria a quantidade de animais abandonados.

A partir das experiências nesses dois dias, os promotores integrantes do Gedef irão trabalhar no planejamento estratégico do grupo, elegendo prioridades que serão trabalhadas em todo o estado do Maranhão. A próxima reunião do Grupo Especial de Defesa da Fauna será realizada em 28 de abril.

Participam do Grupo Especial de Defesa da Fauna os promotores de justiça Carlos Rafael Fernandes Bulhão (Balsas), Érica Éllen Beckman da Silva (Morros), Isabelle de Carvalho Fernandes Saraiva (Zé Doca), Juarez Medeiros Filho (Mirador), Klycia Luiza Castro de Menezes (Bacabal), Lúcio Leonardo Froz Gomes (Pindaré-Mirim), Maria Cristina Lima Lobato Murillo, (Anajatuba), Michelle Adriane Saraiva Silva (Igarapé Grande), Paulo Roberto da Costa Castilho (Esperantinópolis) e Reinaldo Campos Castro Junior (Raposa).

(CCOM-MPMA)

15 de abril de 2014 by Daniel Aguiar · 0

Médicos cubanos em Santa Inês



A Secretaria de Estado da Saúde (SES) iniciou, nesta segunda-feira (14), no Hotel Veleiros, em São Luís, o 4º ciclo do Programa Mais Médicos no Maranhão. Ao todo, 22 médicos cubanos estão participando da semana de acolhimento, recebendo informações sobre a realidade dos municípios em que vão trabalhar. "É necessário realizar esse acolhimento, além de mostrar nossa realidade na área da atenção básica", declarou a coordenadora do Mais Médicos, no Maranhão, Isabel Macedo.

Ela explicou que outros 38 médicos cubanos chegarão a São Luís dia 16 de abril, totalizando 561 profissionais ligados ao programa que irão prestar serviços em municípios do Maranhão. "O 5º ciclo é o último garantindo o preenchimento de todas as vagas que foram disponibilizadas para o estado, beneficiando 185 municípios maranhenses que aderiram ao programa", revelou.

Os profissionais vão trabalhar nos municípios de Santa Inês, Carolina, Chapadinha, Tufilândia, Cajapió, Centro Novo do Maranhão, Buriticupu, Governador Eugênio Barros, Maracaçumé, Guimarães, Araioses, Barra do Corda, Balsas, Itinga, Davinópolis, Presidente Dutra e Timon.

O médico cubano, Carlos Alberto Curbela disse que espera realizar um bom trabalho no Brasil. "Já trabalhei em outros países como África e Venezuela e espero que a minha experiência ajude a melhorar a saúde da população brasileira, especialmente aqui no Maranhão", ressaltou.

Para o médico Victor Manuel Velazquez Mirabal, especialista em medicina comunitária e oftalmologia, o Maranhão é um estado que impressiona pela sua extensão territorial. "Estou impressionado com o tamanho do estado e espero que minha experiência em diversas missões como no Paquistão, Venezuela e Bolívia possa ajudar. Temos grande afinidade com os brasileiros, adoramos as novelas brasileiras e é um sonho trabalhar aqui", declarou.

Durante três dias os médicos cubanos vão receber orientações sobre a Política Nacional de Atenção Básica - Estratégia do Maranhão; Situação de Saúde no Estado - vigilância epidemiológica; vigilância ambiental; vigilância sanitária e vigilância do trabalhador; Curso Especialização/UNASUS e Telessaude Brasil Redes; e Assistência Farmacêutica.

Fonte: Secom
Foto/Handson Chagas

by Daniel Aguiar · 0

12 de abril de 2014

CPI do Gás?



A Câmara de Vereadores de Santa Inês dará início à formação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito – CPI, para investigar os preços do gás de cozinha em Santa Inês. O anúncio foi feito na manhã de ontem, sexta-feira (11). A assessoria jurídica da casa deve tomar as providências para a criação da CPI nos próximos dias.

A iniciativa foi do vereador Aldoniro Muniz (PMDB), que denunciou os valores do gás de cozinha no município, que variam entre R$ 50,00 e R$ 52,00. Para o vereador, o valor cobrado em Santa Inês é exorbitante, se levado em conta o valor do botijão em São Luís, que varia entre R$ 40,00 e R$ 45,00. Ainda conforme Aldoniro, mesmo levando em conta o valor do frete cobrado da capital para Santa Inês, que gira em torno de R$ 3,00, o valor do gás de cozinha no município é exagerado. A mesa diretora da Câmara de Vereadores acatou o pedido e deve formar a CPI nos próximos dias.

Segundo a Agência Nacional do Petróleo (ANP), o gás de cozinha (GLP) vendido no Maranhão é o quarto mais caro do país. Pela tabela divulgada pela ANP no período de 30 de março a 05 de abril, o gás de cozinha mais caro do Estado é cobrado em Açailândia, custando R$ 55,00 e o gás mais barato é o vendido em Timon, que custa R$ 38,00.




12 de abril de 2014 by Daniel Aguiar · 7

Santa Inês: Justiça determina tratamento de jovens dependentes químicos






A partir de Ação Civil Pública proposta pela 4ª Promotoria de Justiça de Santa Inês, a Justiça condenou o Município a garantir atendimento e tratamento adequado a crianças e jovens dependentes de drogas. A ação foi proposta em setembro de 2013 pelo promotor de justiça Marco Antonio Santos Amorim.

Na ação, o Ministério Público afirmou que o Município de Santa Inês vinha sendo omisso no tratamento de crianças e adolescentes dependentes químicos, pois o único médico psiquiatra da cidade só realizava atendimentos a cada 15 dias. Além disso, não há uma unidade para tratamento desses jovens no município.

Foi solicitado que o Município fosse obrigado a prestar a assistência médica necessária a todos os adolescentes dependentes químicos, com medida liminar que favorecesse três jovens. A liminar foi concedida em 9 de outubro de 2013.

Na decisão atual, de 27 de março, a juíza Kariny Pereira Reis determinou que o tratamento de crianças e adolescentes deverá ser custeado pelo Município, em clínica particular especializada, se for necessário, além de garantir os recursos para alimentação, hospedagem e transporte ao paciente e um acompanhante.

A Prefeitura de Santa Inês também terá que garantir a manutenção de um médico especialista para atendimento diário à comunidade, que deverá realizar o primeiro atendimento e indicar o tipo de tratamento adequado a cada caso. Crianças e adolescentes deverão ter prioridade no atendimento.

Caso seja constatada a necessidade de internação, o Município deverá providenciá-la em clínica especializada no tratamento de dependência química em adolescentes, mesmo que localizadas em outros estados. Não será permitida a internação de jovens junto com adultos.


Em caso de descumprimento de quaisquer dos itens da decisão, a Justiça determinou o pagamento de multa de R$ 1 mil.


(CCOM-MPMA)


by Daniel Aguiar · 1

Santa Inês: 98 novas vagas para cursos gratuitos no Senac e Senai

NOVAS VAGAS PARA CURSOS NO SENAI E SENAC

Através da parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social da Prefeitura de Santa Inês com o Senai e Senac, 98 novas vagas em cursos gratuitos estão com matrículas abertas desde o último dia 9.

Os cursos são Operador de Supermercados, com 18 vagas para o período noturno e carga horaria de 200 horas, ministrado pelo Senac. Auxiliar Administrativo (25 vagas no turno matutino e 25 no vespertino), carga de 180 horas e Desenhista de Construção Civil (15 vagas no turno vespertino e 15 no período noturno) carga horária de 200 horas, serão oferecidos pelo Senai.

As inscrições estão sendo feitas no Pronatec/Santa Inês, que funciona na Rua da Bacabeira, Centro (antigo prédio do Cras), no horário comercial.

A coordenação do Pronatec informa para realizar a matricula o candidato deve comparecer com original e duas cópias da documentação seguir:

RG

CPF
COMPROVANTE DE ESCOLARIDADE
COMPROVANTE DE RESIDÊNCIA
NIS.( NÚMERO DE INSCRIÇÃO SOCIAL)


Departamento de Comunicação do Gabinete da Prefeitura de Santa Inês-MA

by Daniel Aguiar · 1

Eleções 2014: Novatos na dianteira



Em tempo de pré-campanha política, o cenário é completamente inconstante. Nomes 'de peso' são riscados da agenda de eleitores decepcionados. Outros deixam o poço do esquecimento, renovados. Existem, ainda, os novos nomes que surgem para disputar a preferência do eleitorado. É sobre estes últimos que vou tratar aqui.

Hadad Neto na disputa
2014 é ano de disputa eleitoral. Em Santa Inês, além de Luana Costa, Astrogilson, Carlos Magno, Luis Fernando e Irmão Machado, sobre os quais já comentei neste blog em textos anteriores, dois novos nomes surgem com bastante força para disputar uma vaga na Câmara Federal: O ex-chefe de Gabinete da Prefeitura de Santa Inês, Wady Hadad Neto e o atual vereador Tomaz Martins Neto. Isso mesmo! Fontes ligadas à administração municipal e outras à base oposicionista do município confirmaram a intenção de Hadad e Dr. Tomaz de entrar na disputa.

Representantes de grupos políticos ouvidos pelo blog esta semana afirmaram que os novos nomes afunilam a situação, deixando na dianteira os pré-candidatos Luana Costa (primeira-dama de Santa Inês) e os novatos Hadad Neto e Dr. Tomás. 

Dr. Tomaz Neto

Ainda é cedo para uma análise mais profunda sobre o quadro geral e não há dados de pesquisas que possam corroborar a declaração de grupos políticos sobre o assunto.
Seja como for, a população do Vale do Pindaré terá um encorpado leque de opções - umas boas e outras nem tanto assim - para escolher.

by Daniel Aguiar · 8

9 de abril de 2014

Bom Jardim: MP cobra regularização do fornecimento de merenda escolar


A Promotoria de Justiça de Bom Jardim ingressou, nesta terça-feira, 8, com uma Ação Civil Pública com pedido de Liminar na qual cobra a regularização do fornecimento de merenda escolar a todas as creches e escolas municipais no prazo máximo de cinco dias.

De acordo com denúncias recebidas pelo Conselho Tutelar de Bom Jardim, várias escolas estariam sem merenda escolar, o que levou à diminuição em uma hora diária na carga horária dos estudantes. O Conselho Tutelar confirmou a veracidade das denúncias em quatro escolas, não sendo possível vistoriar as restantes pois já estavam fechadas às 16h15.

Em 3 de abril, o Ministério Público recebeu a primeira denúncia sobre o tema, seguido de um abaixo-assinado, protocolado no dia seguinte. Em 8 de abril, a Promotoria realizou inspeções em unidades escolares, verificando que não havia merenda escolar à disposição dos alunos. Além da existência de depósitos de comida vazios, ouviu-se de vigias e zeladores que a situação já existia há dias. Os diretores não estavam nas escolas no momento da inspeção.

A vistoria realizada pelo Ministério Público verificou, também, que não havia qualquer previsão para o fornecimento dos alimentos e que todas as unidades de ensino estavam liberando seus alunos mais cedo por falta da merenda.

Na ação, a promotora de justiça Karina Freitas Chaves observa que apesar de não fornecer a merenda escolar de forma contínua e regular, os repasses de recursos para esse fim têm sido feitos corretamente. Somente em recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar, que são destinados exclusivamente para esse fim, o município de Bom Jardim recebeu R$ 148.336,00 no período de 14 de março a 2 de abril. Durante o ano de 2013, foram repassados R$ 953.756,80 ao município.

“Os fatos são por demais graves pois levam crianças e adolescentes do Município de Bom Jardim a não terem uma educação de qualidade por falta de um item que se torna essencial, o alimento, ao desenvolvimento de uma sociedade carente”, observa Karina Chaves.

O cardápio escolar deve suprir, no mínimo, 30% das necessidades nutricionais diárias dos alunos das creches, escolas indígenas e daquelas localizadas em áreas remanescentes de quilombos e 15% para os demais alunos de creches, pré-escolas e escolas de ensino fundamental.

Na ação, o Ministério Público pede que seja determinado prazo de cinco dias para que sejam tomadas as providências necessárias ao fornecimento de merenda escolar aos alunos matriculados na pré-escola e ensino fundamental da rede municipal, tanto na zona rural quanto urbana. Os alimentos deverão ser suficientes para 20 dias de aula por mês, incluindo frutas e verduras. Em caso de descumprimento da Liminar, a promotoria pede que seja determinado o pagamento de multa diária de R$ 20 mil.

Ao final do processo, a promotoria requer a confirmação dos pedidos da Liminar e, além da aplicação de multa, o Ministério Público requer a expedição de mandado de prisão em flagrante contra a representante legal do município e responsável pelo fornecimento da merenda, a prefeita Lidiane Leite da Silva, em caso de descumprimento da  decisão judicial.

 (CCOM-MPMA)

9 de abril de 2014 by Daniel Aguiar · 1

8 de abril de 2014

Santa Inês: Caixa vistoria unidades do Minha Casa Minha Vida





Uma equipe da Superintendência Regional da Caixa Econômica Federal começa esta semana a vistoriar os últimos detalhes das obras do Residencial Sol Nascente, conjunto construído pelo Programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal, no município de Santa Inês.

A equipe verificará as obras de infraestrutura do conjunto. A previsão é de que os representantes da CEF vistoriem esta semana as etapas III e V do Residencial Sol Nascente. Em seguida, as outras etapas também serão vistoriadas.

As cinco etapas do Minha Casa Minha Vida de Santa Inês contemplam 1.000 unidades habitacionais. As pessoas sorteadas também devem fazer a vistoria de seus imóveis. O prazo estipulado é até a próxima quinta-feira, 10.

No Residencial Sol Nascente, os últimos reparos estão sendo feitos pelas construtoras responsáveis pelas obras. Devido ao período chuvoso, os trabalhos foram prejudicados, mas encontram-se em fase final, restando poucos detalhes para a finalização do conjunto. A entrega das casas aos beneficiáros está prevista para o final deste mês.

8 de abril de 2014 by Daniel Aguiar · 0

1 de abril de 2014

Secretaria de Educação convoca aprovados no seletivo do Programa Brasil Alfabetizado



Estão sendo convocados os aprovados para o processo seletivo voluntário para alfabetizador – coordenador de turmas, nas categorias “Selecionado” e “Seletivado” para as zonas urbana e rural.

Os selecionados devem comparecer na sede da Secretaria Municipal de Educação de Santa Inês, situado na Rua 7 de Setembro, nº 99, no horário das 08:00 às 12:00 do dia 02/04/2014.

A íntegra do edital (link abaixo) está afixada no mural da Secretaria Municipal de Educação.




1 de abril de 2014 by Daniel Aguiar · 2

Agora é oficial: Wady Hadad Neto entrega carta de demissão!



Assim como a notícia da decisão de deixar o governo, o Notas do Daniel Aguiar publica, em primeira mão, a íntegra da carta de demissão de Wady Hadad Neto, da chefia de Gabinete da Prefeitura de Santa Inês. A carta foi redigida no último dia 30 e entregue ao prefeito Ribamar Alves, na manhã desta terça-feira, 1º. 

Santa Inês, 30 de março de 2014

Excelentíssimo Senhor Prefeito Ribamar Alves

Santa Inês é a cidade onde nasci e cresci. Aqui vivi os melhores momentos da minha vida. Aqui meus avós e pais escolheram para viver. Ter e criar os filhos e netos. Virei mundo, estudando e trabalhando. Mas, na minha mente, meus dias e noites sempre estiveram voltados para Santa Inês.

Assim, há muito, apostei em um projeto político capaz de dar a este município e aos seus filhos os dias melhores sonhados por todos e que os políticos, um após outro, negaram à nossa gente. O futuro de muitos filhos desta cidade foi roubado. E as nossas esperanças rasgadas pelo egocentrismo dos que assumiram o poder.

Por conta disso, eu e boa parte da população de Santa Inês entendemos que o médico e humanista Ribamar Alves seria o nome capaz de dar a este lugar a dignidade pública tão reclamada pela população. Não foi fácil. Muitas tentativas de eleição frustradas, como Santa Inês é testemunha. De quase todas elas participei com modesta contribuição. Eu e Ribamar tornamo-nos amigos, confidentes dos planos e ações capazes de tirar a cidade do marasmo a que foi relegada.

As decepções coletivas com as várias administrações que se sucederam e as propostas revolucionárias do Governo Sem Fronteiras convenceram os eleitores de que este seria o melhor projeto político para Santa Inês. Ganhamos a eleição, formou-se o secretariado e iniciamos um novo ciclo político.

Para mim, foi uma honra ser indicado para participar do governo. Dediquei-me ao extremo, articulei politicamente para que as demandas políticas do governo sejam vitoriosas. Acreditei e acredito que tudo pode ser diferente. Num primeiro momento, tive as condições políticas e administrativas para isso. Mas tudo começou a ficar muito complexo. Não consigo, no âmbito da minha pasta, dar a dinâmica que entendo necessária para desenvolver o trabalho a que me propus.

Antes de identificar origem e motivação que me impedem de exercer a contento as tarefas contextuais que, a rigor, seriam de interesse da população, resolvi fazer uma reflexão e, depois, decidir. É o que estou fazendo, agora.

Entendo ser a hora de me afastar para que o prefeito Ribamar Alves, em quem acredito um homem probo, administrador dinâmico e focado nas necessidades dos habitantes de Santa Inês, possa encontrar um substituto que se entrose melhor com a sua gestão e cuide melhor das demandas administrativas e políticas de que o município tanto precisa.

Diante disso, Sr. Prefeito Ribamar Alves, estou pedindo demissão, em caráter irrevogável, do cargo que exerço, há 14 meses, de Chefe de Gabinete do Governo do Município de Santa Inês, a fim de deixar o Senhor livre para desenvolver ações consentâneas com as aspirações da nossa gente.

Agradeço de coração a oportunidade que me foi dada para servir o Município de Santa Inês. Reitero o profundo sentimento de amizade que nos une e tenho certeza não será afetado.

Por fim, devo esclarecer que saio da administração pública do município, mas, como filho de Santa Inês, continuo preocupado com o seu destino e o bem-estar da população. Isso inclui, sempre, minha contribuição e participação para resolver os grandes problemas da cidade. Desde que, para isso, seja convocado pelo poder público ou pelas instituições democráticas guiadas pela sociedade civil organizada.

Atenciosamente,

Wady Hadad Neto


by Daniel Aguiar · 14

26 de março de 2014

Chefe de Gabinete da Prefeitura de Santa Inês pede pra sair



O Notas do Daniel Aguiar recebeu informações no início da tarde desta quarta-feira (26), sobre o suposto pedido de demissão do Chefe de Gabinete da Prefeitura de Santa Inês, Wady Hadad Neto. A fonte está diretamente ligada ao Governo Sem Fronteiras, comandado pelo prefeito Ribamar Alves. As razões que teriam levado Hadad Neto a pedir as contas e deixar o governo foram desavenças com a primeira-dama, Luana Costa. Nos bastidores, a briga entre os dois é comentada como fim de novela de horário nobre. No fundo era uma queda de braços.

Caso a informação da saída de Neto seja confirmada, a mulher do prefeito satisfaz o ego por ter vencido o notável Wady Hadad Neto. Mas, não poderá evitar que a prefeitura sinta o impacto da perda e o próprio município de Santa Inês.
O momento difícil pelo qual passa toda a administração seria pior se Ribamar Alves não pudesse contar com aquele cidadão de baixa estatura e olheiras nada latentes. O jornalista Neto Hadad, como costumo chamá-lo, é um exímio articulista político.
 
Apesar das tentativas, o blog não conseguiu  contato por telefone com Wady Hadad Neto, Luana Costa ou Ribamar Alves para falarem sobre o assunto.




26 de março de 2014 by Daniel Aguiar · 26

24 de março de 2014

ANP identifica adulteração em combustíveis vendidos em Santa Inês



Um boletim divulgado na última terça-feira (18), pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), mostrou que o índice de adulteração da gasolina comercializada no Maranhão ficou em 1,7%, 0,5% acima da média nacional. Em compensação, esse mesmo índice de adulteração do etanol caiu de 1,4% para 0,5%. Já em relação ao diesel, a ANP não divulgou o resultado referente ao Estado.


De dezembro de 2013 a fevereiro de 2014 foram coletadas 596 amostras de gasolina, sendo que dez apresentaram desconformidade com os padrões de qualidade. As adulterações foram identificadas em Santa Inês, Açailândia, Itapecuru Mirim, Itinga do Maranhão, Lago da Pedra, Imperatriz, Barra do Corda Grajaú e na região metropolitana de São Luís.

O levantamento foi realizado entre dezembro de 2013 e fevereiro deste ano e informa que as principais alterações na gasolina foram em relação ao ponto de destilação e ao teor de etanol anidro combustível.

As análises foram coletadas pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), em postos de combustível de 42 bairros de São Luís, e em mais de 90 municípios do interior.

Sobre o relatório da ANP, o SindCombustíveis disse que os consumidores das cidades citadas no relatório da ANP - e de todas as outras independente de relatório - fiquem atentos e exijam o teste de qualidade do combustível antes de abastecerem seus veículos. Caso o posto se recuse a fazê-lo, o consumidor deverá denunciar o ocorrido à ouvidoria da Agência.

Quanto ao aumento na incidência de inconformidade, o Sindicato lamenta e diz que não há justificativas, pois a entidade tem investido em campanhas de esclarecimento tanto de consumidor como de revendedor para a importância de comercializar/consumir produtos de qualidade. Outro fato é que as multas impostas para aqueles que adulteram são altíssimas, o que não representa benefício para o criminoso, já que adulterar combustível constitui crime.


do G1 MA
Editado por Notas do Daniel Aguiar



24 de março de 2014 by Daniel Aguiar · 1

Tuberculose: 44 casos notificados em Santa Inês




No Dia Mundial de Luta contra a Tuberculose, 24 de março, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) intensificou o propósito de reduzir a transmissão do bacilo da tuberculose na população. Para isso, conta com ações de diagnóstico precoce e tratamento adequado dos casos nas unidades de saúde. A programação foi aberta nesta segunda-feira (24), no auditório do Conselho Regional de Medicina (CRM).

O secretário adjunto de Vigilância em Saúde da Secretaria Estadual de Saúde (SES), Alberto Carneiro ressaltou que a tuberculose é uma doença grave, mas que tem cura em praticamente 100% dos novos casos. "É fundamental acabar com o estigma em relação aos pacientes afetados com a doença, principalmente os portadores de HIV", destacou ele. Participaram, também, da abertura do evento, a secretária municipal de Saúde de São Luís, Helena Duailibe, o secretário-adjunto de Justiça, Kécio da Silva Rabelo; a presidente da Sociedade de Pneumologia e Tisiologia, Maria do Rosário da Silva Ramos Costa, além de profissionais de saúde.

Anualmente são notificados 70 mil novos casos de tuberculose e 4,6 mil mortes por ano causadas pela doença no Brasil. O país ocupa o 17º lugar entre as 22 nações que detêm 80% dos casos no mundo. A tuberculose é a 4ª causa de mortes por doenças infecciosas e 1ª causa de morte dos pacientes com Aids. A taxa de incidência é de 35,8 casos por 100 mil habitantes.
As maiores taxas de incidência da tuberculose são registradas nos estados do Amazonas, Rio de Janeiro, Pernambuco, Acre, Rio Grande do Sul e Pará, sendo que os dois primeiros registram quase o dobro da média nacional. As cinco primeiras capitais em incidência são: Cuiabá, Porto Alegre, Belém, Recife, Manaus e Rio de Janeiro, todas com mais do que o dobro da incidência da média nacional.

No estado do Maranhão, foram priorizados pelo Programa Nacional de Controle da Tuberculose do Ministério da Saúde os municípios de Açailândia, Caxias, Codó, Imperatriz, Paço do Lumiar, São José de Ribamar, São Luís e Timon, por apresentarem população acima de 100 mil habitantes e carga bacilar elevada. Em média são notificados ao ano 2.400 casos de tuberculose no estado. Com referencia à taxa de incidência, o Maranhão registrou 27,7 casos por cada 100.000/habitantes no ano de 2012, ficando em 19° lugar entre as 27 unidades federadas.

A coordenadora do Programa Estadual de Controle da Tuberculose, Rosany Leandra Sousa Carvalho alertou que o abandono do tratamento precisa ser combatido. "É preciso mudar o comportamento frente à tuberculose. Como cidadão, no sentido de conhecer a doença e tomar a atitude de conclusão de tratamento. Enquanto profissional, para acompanhar os pacientes de uma maneira mais eficaz", concluiu.

Municípios com maior número de notificação de casos de tuberculose

(Caso Novo+Retratamento+Transferência), MA, 2013.
Fonte: SINAN/SES/MA
(Fotos/Nestor Bezerra)

by Daniel Aguiar · 1

Sebrae prepara Agentes de Orientação Empresarial em Santa Inês




Agentes estão se capacitando para trabalhar com empreendedores de vários municípios do Maranhão 



Começou esta semana, na sala de treinamento da unidade do Sebrae em Santa Inês, a capacitação para formação de Agentes de Orientação Empresarial (AOEs) que irão atuar nos municípios da regional e ainda em São Luís, Bacabal e Chapadinha. Os AOEs são contratados por empresas terceirizadas, que prestam serviço ao Sebrae, trabalhando na vista técnica e no acompanhamento de empresas atendidas pelas instituição.

No treinamento, que tem duração de 72 horas, é utilizada a metodologia desenvolvida pelo Sebrae Nacional especialmente para a formação de AOEs. As estratégias de aprendizagem baseiam-se na vivência e participação, através de estudos de casos reais de microempresas e empreendedores individuais.

Uma parte dos participantes já atua como AOE e estão passando por um processo de atualização; já outros estão recebendo a capacitação para atuarem a partir de agora no programa “Negócio a Negócio”.

Na regional do Sebrae em Santa Inês, 10 agentes desenvolvem ações com as empresas. O gerente da unidade, Aluízio Muniz, afirma que o trabalho dos AOEs é muito importante, porque eles vão ao encontro do empreendedor no próprio local de atuação. “Neste trabalho presencial e individual, o agente elabora o diagnóstico e a partir daí podemos dar a assistência necessária à empresa através de visitas e recomendações que vão beneficiar o comerciante” pondera Muniz.

(Gilciléa Marques/Sebrae - Santa Inês)

by Daniel Aguiar · 0

Opinião - Perdendo as Estribeiras



OPINIÃO
Confesso que fiquei atônito ao ler o texto publicado pelo presidente da Câmara de Vereadores de Santa Inês, Franklin Seba (SDD), no início da tarde desse domingo (23), direcionado ao ex-colega de partido e atual presidente do Diretório Municipal do PTB, em Santa Inês, Lucílio Gomes.

É impressionante a carga de ira e revolta contida no desabafo. Seba disse cobras e lagartos a Lucílio e, para atingí-lo de modo que pudesse sentir na espinha dorsal, além das palavras duras do post, demitiu a esposa de Lucílio que trabalhava na Câmara. Não foi redução de despesas, não foi determinação da Justiça, não foi incapacidade técnica da servidora... não, nada disso! Seba fez isso para atingir o marido dela com quem protagoniza, há meses, uma briguinha de gato e rato. E o vereador fez questão de esclarecer: "No dia 20 deste mês de Março de 2014 depois de levantar as minhas mãos para o céu pedi perdão ao nosso pai todo poderoso por ter quebrado um juramento quando com o meu coração partido tive que exonerar uma digna funcionaria da Câmara Municipal Edvania dileta esposa do professor Lucílio, ele é mais conhecido em nosso meio como o Ribamar da Silva (tem outros r da silva além dele). Na verdade durante o meu tempo como político jamais cometi ato como esse, no entanto pela primeira vez cheguei a contrariar a mim mesmo forçado pelas circunstância do momento. Creiam senhores e senhoras que fui por diversas vezes humilhado, quando esse cidadão (Ribamar Lucílio da silva) chegou ao ponto de jogar contra mim uma companheira (Amanda) pugnando pela cassação do mandato que o povo me colocou como seu representante em nossa Casa Legislativa (...)" 

Todo mundo sabe de que lado é que a corda sempre arrebenta. Sobrou para quem nada tinha com a história e Seba, por fim, parece querer mostrar quem é que manda naquela casa. Sim, a casa é do povo, mas quem manda é o Seba porque "O povo é do Seba" (lembra?)

Voltando ao texto publicado no perfil de Seba, em vários trechos, inclusive no que destacamos acima, o vereador afirma que Lucílio teria um perfil falso no Facebook usado para atacar e humilhar o presidente da Câmara. É uma acusação séria. Se confirmada, Lucílio pode responder a inúmeros processos por calúnia e difamação. Se Seba afirmou - advogado competente como é-, vai provar por A mais B que está com a razão, neste caso específico.

Quem convive diariamente com Lucílio sabe que de santo ele não tem nada. Mas, até para ele, o golpe foi baixo.

No geral e avaliando do ponto de vista político, o presidente da Casa Legislativa de Santa Inês pode ter cometido um erro grave. Seba é pré-candidato a deputado estadual pelo SOLIDARIEDADE e a atitude tomada com relação à  (agora desempregada) esposa de Lucílio não será vista com bons olhos por muitos eleitores.

É bom não esquecer, caro vereador, que a mesma frase usada anteriormente quando da citação da demissão da trabalhadora, se encaixa perfeitamente em qualquer outra pessoa. O senhor sabe de que lado a corda sempre arrebenta... e o lado mais forte, neste caso, pode ser o do POVO. Não perca as estribeiras.

Leia a íntegra do texto publicado no perfil do Seba, no Facebook:
"No dia 20 deste mês de Março de 2014 depois de levantar as minhas mãos para o céu pedi perdão ao nosso pai todo poderoso por ter quebrado um juramento quando com o meu coração partido tive que exonerar uma digna funcionaria da Câmara Municipal Edvania dileta esposa do professor Lucílio, ele é mais conhecido em nosso meio como o Ribamar da Silva (tem outros r da silva além dele). Na verdade durante o meu tempo como político jamais cometi ato como esse, no entanto pela primeira vez cheguei a contrariar a mim mesmo forçado pelas circunstância do momento. Creiam senhores e senhoras que fui por diversas vezes humilhado, quando esse cidadão (Ribamar Lucílio da silva) chegou ao ponto de jogar contra mim uma companheira (Amanda) pugnando pela cassação do mandato que o povo me colocou como seu representante em nossa Casa Legislativa. Mas graças a Deus a própria Justiça me garantiu à continuidade do mandato que a gente querida de minha terra me outorgou. Não carregarei magoas nem ódio contra aqueles que jogam pedras contra mim por que isso não se ajusta em minha pessoa. Todos conhecem o Seba e sabem tudo do seu passado e do seu presente. Aqueles que me atacam sem qualquer razão ou fundamento talvez seja por mero ciúme ou coisa parecida. Nunca, jamais encontrarão provas contra a minha função como político. Nenhuma rasura, nenhum procedimento fora da minha ética. Todos sabem que sou político por convicção. Não sou como aqueles que entram na política com o intuito de enriquecer economicamente. Fique sabendo seu Ribamar da Silva (Lucílio): fui vereador, vice prefeito e prefeito de minha encantada cidade, sai com as mãos limpa deixando um legado bastante grandioso com uma rodoviária, um mercado no b Santo Antônio a praça da rodoviária, as ruas do bairro Santo Antônio calçadas e do centro da cidade todas asfaltadas a distribuição da farta merenda escolar dezenas de creches funcionando as associações de bairro funcionavam a todo vapor dezenas de escolas no interior na sede além das escolas edificadas construímos o colégio de segundo grau José Sarney o hospital Seba Salomão e muitas outras obras que ficaram para a posteridade! Nunca desprezei meus companheiros e com eles ficou enraizada uma semente a qual ninguém, só Deus retirará do coração de milhares de amigos a figura do seba. Se fiz uma população feliz a prova é que até hoje depois de longos anos permaneço na mente de todos foi porque Deus me ensinou a ser um bom político. Sei que a minha missão ainda não terminou e ela só chegará depois de ser enterrado no São Benedito! Seja feliz Ribamar da silva - Lucílio".



by Daniel Aguiar · 45